Como Utilizar As Mídias sociais Pra Gerar Leads


Apelidado De Maradona, Pai Batiza Filho De Messi E Torce Por Sucesso Da Argentina


Chegou mais uma proposta de redação para ti praticar! Envie seu texto até o dia vinte e oito de abril e poderemos publicá-lo corrigido neste local no blog. Para participar, é preciso elaborar um perfil de usuário pela plataforma Imaginie, selecionar a proposta e seguir as instruções para o envio da redação diretamente pelo web site. Os primeiros a se cadastrarem por intermédio desse hiperlink terão justo a uma correção, sempre feita por dois ou mais professores, seguindo os mesmos critérios do Enem. O Guia do Estudante vai distribuir 10 correções gratuitas por proposta. ATENÇÃO: Para que sua redação seja publicada no blog, é necessário construir a proposta correspondente à quinzena em curso!


Quer dizer, pros textos enviados até o dia 28 de abril, a proposta tem que ser a que está descrita abaixo. A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada dessa terça (20) o decreto de intervenção federal na segurança pública do Estado do Rio de Janeiro, assinado pela sexta (16) pelo presidente Michel Temer.


O texto foi aprovado por 340 votos em prol e só setenta e dois contra e uma abstenção, depois de mais de 7 horas de sessão. Somente PT, Pc do B e PSOL advertiram contra a aprovação do decreto. Neste instante, o decreto, que tramita em regime de urgência, seguirá para o Senado Federal, onde deve ser apreciado em plenário nesta terça-feira (20). Lá, precisa ser aprovado assim como por maioria claro. É a primeira vez desde que a Constituição Federal de 1988 entrou em atividade que é decretada uma intervenção federal.


As Forças Armadas imediatamente estão atuando no Estado, uma vez que, em julho de 2017, Temer assinou um decreto de GLO (Garantia da Lei e da Ordem), que permite a presença dos militares nas atividades de segurança pública. Nesse caso, todavia, as forças da Combinação ficam subordinadas ao poder estadual, diferentemente da intervenção. A intervenção mostra o despreparo do governo para desafiar um dificuldade explosivo, que precisa ser equacionado.


Não houve planejamento prévio. Não se compreende seu gasto nem sequer quais são as metas e as ações previstas. O interventor, militar disciplinado, aceitou a tarefa, contudo tem restrições a esse tipo de operação. Domina-se que a intervenção militar, por si só, é ineficaz. Conseguirá gerar um alívio instantâneo no asfalto (o que tranquiliza a elite), acompanhado do desenvolvimento da brutalidade nos morros, favelas e comunidades pobres. Repete-se o caminho que, há mais de um século, orienta as políticas de segurança pela segregada nação carioca.

  1. Planeje seus próximos passos
  2. 21/03/2013 às 00:Trinta e dois
  3. Assunto atualizado
  4. 4- Canal de Culinária

O último exemplo foi a ocupação da favela da Maré por forças militares. 1,7 milhões por dia. Após numerosas violações de direitos humanos, os militares saíram e o recinto voltou a ser tão ou mais prejudicial do que era antes. É indiscutível a ocorrência de desgoverno no Rio de Janeiro.


Entretanto, apesar dos eventos de brutalidade no decorrer do Carnaval, amplificados pela mídia, o problema da segurança é ainda mais perigoso em algumas regiões. O índice de homicídios no Rio de Janeiro (em torno de 40 falecidos por 100 1 mil habitantes) é inferior a dez estados brasileiros. Desta maneira, o interventor, general Walter Souza Braga, declarou que “a circunstância no Rio não está muito ruim”. Em palestra a respeito do emprego das Forças Armadas nas operações de Garantia da Lei e da Ordem, ele contou ceticismo com esse tipo de operações, que “têm grande custo financeiro, social, de imagem e até psicológico”.


O governo contribuiria mais se planejasse, de modo firme, uma nova política de segurança pública, abrindo um debate que pautasse os programas de candidatos ao Planalto. Estado em áreas vulneráveis, com mais oportunidades de trabalho, renda, educação e cultura para a juventude. A nação necessita de políticas públicas consistentes para desafiar a agressão. Este é um dos grandes desafios nacionais que não será enfrentado com pirotecnia.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *